Buscar
  • Amvarp

Presidente da Amvarp recomenda medidas de prevenção ao coronavírus nos municípios associados


Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o prefeito de Rio Pardo e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp), Rafael Reis Barros, recomendou uma série de medidas para os 16 municípios associados da entidade, em função da pandemia do vírus Covid-19, o chamado coronavírus. A entrevista coletiva ocorreu em conjunto com a do prefeito de Pantano Grande e presidente do Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale), Cassio Nunes Soares.


Apesar de não existir casos confirmados da doença na região, Rafael alertou para a necessidade de ações que tenham por objetivo realizar a prevenção da expansão do vírus, e também ressaltou que não há motivo para pânico na população.


“Queremos deixar as pessoas tranquilas, que não é uma situação de calamidade onde é preciso estocar alimentos em casa. Existem várias ações de prevenção”. O presidente da Amvarp divulgou orientações aos prefeitos, para que sejam adotadas medidas gerais como a suspensão de eventos públicos por 30 dias. Também é feita a orientação para que eventos privados que reúnam mais de cem pessoas sejam adiados ou cancelados.


A higiene individual e coletiva também deve receber um reforço. “Principalmente em transportes públicos, transporte do interior para a cidade. As empresas também vão tomar as suas ações, para que no transporte público se faça a limpeza diária dos veículos e, se possível, de hora em hora. Aos cidadãos, reforça-se a necessidade dos cuidados básicos como lavar as mãos com sabão ou álcool em gel, a utilização de lenços descartáveis ao tossir ou espirrar, evitar apertos de mão, abraços e beijos".


“A gente reforça também aos pacientes que possuem suspeitas de infecção pelo Covid-19, que não procurem diretamente a emergência de um hospital, e sim a saúde básica de seu município, postos de atendimentos. No município de Rio Pardo será feito, e passo isso como sugestão para os prefeitos da região, que seja disponibilizado um número de telefone. No nosso município estamos colocando profissionais para fazer o atendimento por telefone e até indo ao encontro do paciente”, relatou o prefeito Rafael Barros. A intenção é evitar aglomerações nos locais de atendimento de saúde, e que pessoas entrem em contato com infectados sem necessidade.


Também foi feito um alerta especial à população idosa, que pode sofrer maiores complicações em um eventual contágio. A Amvarp orientou os municípios a fornecerem receitas médicas com maior validade, para evitar a necessidade de comparecimento aos locais que realizam esse serviço. Na questão da atividade escolar, o prefeito Rafael Barros destacou que os líderes dos Executivos de cada município têm autonomia para suspender ou não as aulas, mas que o governo do Estado, a Famurs e a Undime recomendam a paralisação.


O presidente da Amvarp reforçou ainda o pedido para que as prefeituras e entidades de classe como Sindilojas, CDLs e ACIs realizem reuniões para discutir formas de prevenir a expansão do vírus, com medidas a serem tomadas em conjunto.


A entrevista coletiva foi acompanhada pelo médico infectologista Marcelo Carneiro, que está prestando assessoria técnica ao Cisvale e aos municípios consorciados. O Consórcio anunciou medidas de prevenção contra o coronavírus no Centro Regional de Especialidades Médicas. Clique no link e confira quais são as ações.




17 visualizações0 comentário